Uma tarde estranhei a ausência da minha porteira na Rua General Taborda N.9  em Campolide e entrei pelas traseiras, através da Farmácia Central. Deparo com as janelas abertas e o seu corpo prostrado no chão. Provavelmente uma tentativa de homicídio provavelmente  perpetuada pelos bandidos da Farmácia Central, o bimbo do restaurante ao lado (Dom Luis) de nome Bento de Sousa, o peixeiro brasileiro.