Em Junho de 2011 fui preso pela GNR da Costa de Caparica e colocado numa ala psiquiátrica do Hospital Garcia de Orta. Quando protestei, amarraram-me os pés e as mãos numa cama e deram-me uma injeção para dormir. Os psiquiatras Rodrigo Catarino e Jacqueline Ribeiro nem a GNR nunca me esclareceram porque fui detido.